Eu sou...

Minha foto
Birigüi, São Paulo, Brazil
Tenho 30 anos, sou graduado em Letras pela Faculdade de Ciências e Tecnologia de Birigui (FATEB),graduado em História pela Universidade Toledo de Araçatuba e pós-graduado em Assessoria Bíblica pela Escola Superior de Teologia de São Leopoldo, Rio Grande do Sul (EST)em parceria com o Centro Ecumênico de Estudos Bíblicos (CEBI). Atualmente professor da educação básica de escolas estaduais de SP e cursando o pós-graduação em História Cultural pelo Centro Universitário Claretiano.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

É bom abrir os olhos!

Quantas pessoas não sonham em assistir filminhos, baixar arquivos, ter um MSN e um endereço eletrônico, um blog ou um Orkut?
A notícia do acordo entre o Governo do Estado de São Paulo e a empresa de telecomunicações Telefônica sobre o oferecimento de uma internet banda larga popular está sendo exaustivamente divulgada no site da empresa e pode agradar uma grande parcela da população que dispõe atualmente dos serviços de internet discada ou não possui qualquer forma de acesso.
O presidente também já promete anunciar a política de internet banda larga para o país, uma forma de demonstrar para os mais incrédulos que o Brasil já está entre os principais países do mundo.
Não resta dúvida de que já passou da hora de o governo intervir na questão do fornecimento de um serviço de internet mais acessível à população de baixa renda e que tal serviço deve ser oferecido com qualidade, pois é bom lembrar que há pouco mais de cinco meses a Telefônica teve sérios problemas com a ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) que proibiu a venda do serviço de
banda larga por não ter sido oferecido com qualidade bem como a internet discada devido à alta demanda. Inúmeras foram as reclamações nos centros de atendimento da Telefônica e da ANATEL, isso sem falar nas queixas registradas no PROCON (Procuradoria de Proteção e Defesa do Consumidor) que em 2008 registrou 3,6 mil queixas só da Telefônica e a fez ser a líder de reclamações pelo terceiro ano consecutivo segundo o Estadão de março desse ano.
Diante de tais fatos, é preciso ter atenção em relação ao “desespero” do governo em fazer com que o serviço de banda larga popular entre em funcionamento ainda esse ano e que, mesmo diante de tanta insatisfação da população, a Telefônica tenha sido a escolhida como parceira. O Governo alega que com isso aumentaria o acesso à internet do público das classes C e D e facilitaria a inclusão digital.
Mas, aumentando o número de pessoas com acesso à internet, não aumentam também os problemas já existentes como dificuldades no oferecimento de um serviço de qualidade diante da alta demanda e mesmo o uso indevido da rede mundial de computadores? É possível controlar isso e orientar para o uso positivo dessa ferramenta que dá acesso ao mundo?
Em setembro desse ano, os jornais anunciaram que a Câmara dos Deputados, com uma agilidade exemplar, havia aprovado a reforma eleitoral dentro da qual, um dos itens de destaque foi a liberação geral da internet para as campanhas políticas. Agora, a preocupação é como fazer com que a internet não se torne uma rede de baixarias políticas tentando adequar a ela os mesmos princípios de ética utilizados nos demais meios de comunicação.
Fica no ar mais um questionamento: qual seria a verdadeira finalidade do oferecimento de uma internet banda larga popular?
É sinal de cidadania a população ficar atenta a essas medidas que aparentam saciar suas vontades e refletir: a vontade de quem está sendo realmente saciada?
De qualquer forma, a internet banda larga está a caminho, tanto no âmbito estadual quanto no nacional. É mais uma opção para analisar quem realmente vale à pena estar à frente do povo nas cadeiras do governo. É bom abrir os olhos!

Lucas Rinaldini

5 comentários:

Ademar Oliveira de Lima disse...

Estive por aqui em visita ao seu blog!! Abraços!!! Ademar!!!

Maetê Liv disse...

Depois da telefonica, procure saber das aventuras dos assinantes do serviço vivo 3G banda larga "ilimitado"...

Lucas Rinaldini disse...

É.. Maetê.. isso também dá uma boa história...rsrs

hugotizura disse...

É.. Lucas... acho que abrir os olhos é o primeiro passo apenas neh?? hehee vai ser uma trilogia? Abrir os olhos, Entender a situacao, AGIR??? heheheh brincadeira....abracao meu amigo

Lucas Rinaldini disse...

Pois é, Hugão... vamos agindo como podemos, abrindo os nossos próprios olhos e ajudando a abrir os de outras pessoas também.
Abraço cara!

Ocorreu um erro neste gadget